Minha formatura foi maravilhosa!

Meus filhos, nora e netos foram à cerimônia e, alegremente pulavam e acenavam para mim! Adorei tudo! Todos tiramos fotos , eu de beca e capelo. Chamei um fotógrafo profissional. Fotógrafos têm um tipo de filtro, sei lá ! A gente fica ótima!

Eu era a única da minha classe a se formar agora, portanto não conhecia ninguém. Fiquei junto com a turma de Pedagogia do Campus Centro e me colocaram numa fila em ordem alfabética, entre o Rafael e a Rita. Foi muito interessante: o Rafael usava um lenço na cabeça, prendendo um rabo-de-cavalo, tinha uma barbicha fininha e os olhos pintados. Ele era bonito, a cara do Johnny Depp. A Rita era bem simpática, 40 anos e grávida. Eu só percebi essa condição quando ela tirou a beca. Eu só tinha notado a altura do salto, altíssimo.

A cerimônia foi agradável, pois não teve muita falação. Falou o reitor, bem bacana. Falou um professor representando todos os professores, bem fraquinho ,nem lembro o nome. E para minha surpresa, a representante dos alunos, que era uma moça da Administração ONLINE!! Ela mesma falou que não conhecia ninguém, pois nunca tinha visto nenhum colega. O Rafael, a Renata e a Rita acharam o fim da picada. O discurso até que foi bom, e ela falou muito bem, sem ler, aliás. No final ela avisou que ia fazer uma citação de uma pessoa maravilhosa. Levei o maior susto: ela citou Walt Disney!!! Tenha santa paciência!

Acabada a cerimônia, fui para o Joakin’s, onde ia ser a comemoração com meus convidados especiais: as crianças que me ajudaram a tirar notas boas na faculdade, que participaram de exercícios, trabalhos e passeios, que foram amigos generosos, durante quatro anos .

Quando cheguei , a festa já corria solta. Foi uma alegria , ainda mais que eu tinha levado capelos coloridos ,de E.V.A. Amaram os capelos e todos pegaram um. Algumas crianças que estavam na lanchonete, ficaram com aquele olharzinho comprido. Eu tinha feito alguns a mais, assim todas as crianças ganharam seu brinde . Todos já estavam servidos de milk-shake, cheeseburger e batata frita. Brincavam entre eles e pintavam figuras. Alguns jogavam “Perfil”.

Os convidados vieram com acompanhantes. Seria difícil virem dirigindo! As mães tiravam muitas fotos, tanto que eu nem me preocupei com isso. Depois, poderiam postar para mim. Foi tudo muito bonito e alegre, daquele tipo de alegria que dura vários dias no coração (piegas , mas verdadeiro).

A festa acabou, todo mundo feliz, de barriguinha cheia e espírito leve.

Fiquei esperando receber as fotos. Chegaram dez minutos depois . Levei um susto: as fotos eram absolutamente exclusivas, exclusivas no sentido de ser uma foto para cada criança! O ambiente, as outras crianças que estavam ali, a delícia do cardápio não importaram, não fizeram parte do cenário! E o mais incrível : não saí em nenhuma fotografia, com meus amigos,na minha festa de formatura, ! Ah! Saí sim, numa em que duas crianças baixinhas estavam à minha frente. Só me reconheci pela cor da blusa, pois minha cabeça foi cortada! Fui decepada pela “Kodak”. Triste! Alguns de nós vive num pequeno mundo particular , onde só existe seu mundo, no qual não cabem amigos, comida gostosa ou mesmo pessoas queridas.

Ainda bem que o fotógrafo profissional tirou muitas fotos , eu de beca e capelo, com minha família e ainda mais com um plus do “Photoshop”!

Compartilhe