O PT com Lula, José Dirceu, José Genuíno e outros menos famosos fizeram parte da bancada de deputados que elaboraram a nossa Constituição de 1988. De acordo com a mesma, caso houvesse vacância na Presidência nos dois últimos anos de mandato seria então feita uma eleição de forma INDIRETA pela Câmara e o pelo Senado, para complementar estes dois anos restantes do mandato.

Bem, apesar disto, o PT vem fazendo uma forte campanha para que no caso do Temer ser destituído, seja feita uma eleição DIRETA e neste caso a nossa Constituição não seria obedecida.

É curioso que o PT em sua última Convenção feita dia 3/6/2017, elegeu sua nova Presidente de forma INDIRETA, em que pese que os estatutos do partido estabelecessem que esta eleição, deveria ser feita de forma DIRETA. Parte do partido reclamou, e muito, mas o “democrata” Lula impôs sua vontade e assim a também “democrata” Senadora Gleisi Hoffmann foi eleita Presidente do PT de forma INDIRETA.

Não deixa de ser curioso o fato do PT ter laços profundos de admiração pelo regime de Cuba onde não há eleições DIRETAS ou de qualquer outro tipo de eleição desde 1959 quando o companheiro Fidel assumiu o poder.

Também é conhecido o amor que o PT tem pelos grandes líderes da Venezuela, que é “modelo” de Democracia e eleições DIRETAS, são apenas sonhos naquele País.

Assim o PT não faz eleições DIRETAS, apesar de estar escrito em seus estatutos que deveria fazê-lo, admira quem não faz eleições DIRETAS ou não faz eleição de nenhuma forma, mas clama que o Brasil não cumpra a sua Constituição e faça uma eleição DIRETA.

Conclusão: quando o PT está no Poder só quer fazer eleição INDIRETA ou então nem fazê-la, e quando não está no Poder exige eleições DIRETAS, ou seja, para este pessoal, as regras não são feitas para serem cumpridas, demonstrando o seu elevado grau de obediência aos seus exclusivos interesses…..

Por José Carlos Bicudo (jocabics@gmail.com)

 

Compartilhe